Cronologia T.D.E.

O que é hoje conhecido como Tradição Diânica de Éfeso começou em 28 de Julho de  2013.  O atual diretor do templo vinha praticando seus rituais solitariamente, após participar de uma reunião com mais alguns praticantes de Wicca em Recife sentiu que as portas abriram-se para uma nova jornada. Com a apresentação da T.D.E. a comunidade pagã em Recife chegaram muitas pessoas interessadas em apenas manter contato e outras a seguir de fato a Tradição. Foi uma aliança muito auspiciosa para todos naquele ano. Conforme as crenças e práticas ostensivas das atividades da Tradição naquele ano houve muitas adaptações até chegarmos ao ponto correto no qual devemos nos centrar. 

 A Tradição Diânica Éfeso é descendente de um caminho Neopagão chamado Diânico. Como já dito anteriormente dentro da vertente Diânica existem muitas formas de praticá-la mas a máxima que podemos afirmar é que nossa vertente refere-se e enfatiza o feminino em sua plena expressão seja na natureza, na espiritualidade, nos animais ou em nossas vidas.

A T.D.E. é dirigida por Richard Pasquale, no qual em seus 06 anos de práticas devocionais e estudos á Grande Mãe ao mudar-se para Recife vê a necessidade de juntar-se com irmãs e irmãos que acreditam na Consciência Feminina geradora.

Éfeso é uma homenagem em referência ao Templo de Diana localizado em Éfeso (situada atualmente na costa ocidental da Ásia Menor, próxima a atual Selçuk, província de Esmirna, na Turquia) na qual foi uma das Sete maravilhas do Mundo Antigo. Foi o maior templo do mundo antigo, e durante muito tempo o mais significativo feito da civilização Helênica construído para a Deusa. O templo era composto por 127 colunas de mármore, com 20 metros de altura cada uma, o templo era famoso por suas obras de arte e entre elas a escultura da Deusa em ébano, ouro, prata e pedra preta. Nele chegou a trabalhar centenas de Sacerdotisas na qual acreditavam na superioridade feminina.

Mesmo sendo Diânicos admitimos homens tanto quanto mulheres e todos tem o mesmo poder dentro do caminho diânico, sendo assim nossos Sacerdotes como Sacerdotisas tem o mesmo direito e deveres em nossa Tradição. Lembrando que nossa tradição está mais á vontade na forma de irmandade do que em forma hierárquica, por assim dizer.

Respeito ao feminino é a base fundamental de nossos princípios espirituais, encaramos a Terra como mãe por tanto todos que nele habitam são nossos irmãos. Sua vastidão e escuridão é o ventre negro da Deusa, que carrega o potencial da Criação em seu útero cheio de vida.

Opomo-nos a qualquer tipo de racismo, preconceito, exploração animal e da Terra, intolerância e opressão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s